Não existe a falta de tempo, existe a falta de interesse

Dizem que não existe a falta de tempo e sim a falta de interesse, já que quando as pessoas realmente querem, a madrugada se torna dia, terça-feira vira sábado e qualquer momento se torna oportunidade. Quem muito espera, se decepciona e sofre. A verdade é que a falta de interesse dói e muito. Vai além da decepção, são cruéis pontadas de dor no estômago, como se algo por dentro nos rasgasse a alma.

“No momento em que nos ferem, não podemos fazer nada para aliviar a dor, porém, manter nossa sanidade frente ao abandono e a humilhação nos requer muito esforço.”

A verdade é que o tempo e os danos nos moldam, fazendo com que o que hoje tanto queremos amanhã talvez já não vejamos graça. No entanto, isso não justifica a falta de sinceridade e a não correspondência com as outras partes.

Aceitar a falsidade do tempo vivido

1

Infelizmente, a falsidade e a hipocrisia são tão escorregadias que costumamos as encontrar no canto que menos esperávamos e quando já é tarde demais. Normalmente, a esperança de que alguém é o que conhecemos nos faz ficar tranquilos, quando na verdade deveríamos é estar um pouco alerta.

É então que nos aparecem os problemas, a verdade é que está cheio de pessoas interesseiras mas nós custamos a abrir os olhos. Isso acontece porque nós recusamos a acreditar que alguém que nós consideramos como essencial na nossa vida não seja sincero.

Normalmente, pessoas falsas ou interesseiras são aquelas que “não comem, nem deixam ninguém comer” e quando você as pede explicações ficam nervosas tentando de todo jeito evitar o confronto que acabamos de criar.

“É provável que nos devorem com palavras envenenadas, de maneira que nós, sedentos por aceitação, alimentemos a esperança de que temos uma pá de cal e outra de areia.”

PUBLICIDADE

Aprenda a dar sua ausência a quem não valoriza sua presença

0

Às vezes a gente perde tempo insistindo com alguém que não faz nada por nós e acreditamos que essa situação se faz necessária. Nós, frequentemente cometemos o erro de “procurar sem permitir que nos encontrem”, o que no final resulta em um abuso à nossa dignidade.

Quando nos damos conta disso, há algo que se rompe em nosso interior e nos preenche de decepção, medo e tristeza. Nesse momento nos damos conta de que “não podemos esperar quem não quer ser esperado”.

Então começa um difícil processo em que nos fechamos em nossa vida procurando entender o que se passou e proibimos a entrada de todas aquelas pessoas que nos feriram e se comportaram de maneira interesseira.

Se cerque de pessoas que você ama e seja feliz

2

Comprometa-se com os valores que você acha fundamentais, desfrute da sensibilidade, da bondade, do respeito, da humildade, da confiança e fé, da gratidão, da sabedoria, da sinceridade, do amor, da amizade, do carinho e do apoio incondicional.

Mantenha perto de você a melhor realidade que você conhece, desfaça-se do mal e da crueldade e não preste atenção às pessoas tóxicas, busque seu oxigênio, conte até três e respire. Sinta os sopros de ar psicológico e saúde as suas emoções.

Cerque-se de todas aquelas pessoas que faz você sentir que o mundo é um lugar que vale a pena e que seu cantinho é única maneira de se proteger em dias de chuva. Rejeite em sua vida aqueles que fazem você se sentir desprezado(a) e não passam um minuto sem tentarem te jogar pra baixo.

“Livre-se de tudo que te aprisiona e deixe a vida te surpreender sem medos. Não espere nada de ninguém, espere tudo de você. O resto virá quando você menos esperar.”