Sofre com retenção de líquidos? Aqui estão 6 maneiras naturais pra acabar com isso

Edema ou retenção de líquidos é o problema que acontece quando há líquidos acumulados dentro dos tecidos, cavidades ou no sistema circulatório. É comum antes ou durante a gravidez e leva a inchaços nas pernas, nos pés, tornozelos e mãos. Edema também é comum em pessoas com estilo de vida sedentário, que estão tomando medicamentos a um longo prazo, ou que estão acamadas.

capa

A retenção de líquidos geralmente não é uma situação de risco de vida, mas muitas vezes pode indicar um problema mais grave, como insuficiência cardíaca ou doença renal. E na maioria dos casos pode ser prevenida, tratada e o inchaço pode ser reduzido. Se você souber a causa do edema, você vai saber como tratá-lo. Aqui estão algumas das causas mais comuns da retenção de líquidos:

Ingestão excessiva de sódio

Com um consumo de alimentos de alto teor de sódio e ingestão insuficiente de água, o corpo entra num “modo de reserva” e começa a reter a água. Nesse caso, as células podem tornar-se 20x mais alargada com água, de modo a diluir o meio salgado. Além disso, o sal não é o único alimento que é rico em sódio, mas produtos enlatados, alguns condimentos e carne processada também são conhecidos por ter abundância de sódio. Não há um sal que não leve à retenção de água, mas, na verdade, podemos reverter isso. O consumo de bastante água e o uso do sal do mar celta ou sal do Himalaia no lugar do tradicional podem te ajudar.

Deficiência de vitamina B6

A vitamina B6 é responsável pelo equilíbrio da água no corpo e se o organismo não a tem em níveis suficientes, você pode sofrer com a retenção. Em um estudo descobriram que em mulheres que sofriam de retenção de líquidos devido à tensão pré-menstrual a ingestão de vitamina B6 foi extremamente benéfica. Relataram que ela reduziu os sintomas de forma mais eficaz do que quaisquer outros suplementos que tenham usado antes. Essa vitamina é realmente solúvel em água, e precisa numerosas cofatores para trabalhar, assim, para melhores resultados, faça a ingestão na forma de alimentos integrais. Exemplos de alimentos ricos em vitamina B6: frango, atum, sementes de girassol, frutas secas, pistache, batatas com casca, atum, peru, carne magra e bananas.

Deficiência de potássio

Esse mineral é importante responsável pela função adequada dos órgãos, tecidos e células. Nomeadamente, é um eletrólito necessário para o equilíbrio da água no corpo. O consumo de alimentos ricos em sal, transpiração excessiva durante o exercício e não consumir alimentos ricos em potássio pode levar a um esgotamento do mesmo, o que contribui para o edema.

PUBLICIDADE

Além disso, a deficiência de potássio também leva a vários outros problemas de saúde como ganho de peso, cãibras e espasmos musculares. Através da redução dos níveis de sódio e o aumento da produção de urina, este mineral reduz eficazmente o edema. O potássio é encontrado em quase todas as frutas, mas está em maior quantidade no melão e na melancia. Para melhores resultados, em vez de tomar suplementos, você deve aumentar as quantidades de potássio através do consumo de várias frutas e legumes.

Desidratação

O consumo de quantidades insuficientes de água causam desidratação do corpo. Neste caso, o corpo reage para reter a água como um meio de sobreviver. O consumo regular de água e sucos ricos em potássio pode reduzir o edema e a desidratação. Beba muita água até que a retenção de água seja diminuída e evitar bebidas como café e refrigerante, já que essas acabam desidratando o organismo.

Deficiência de magnésio

A retenção de líquidos é um dos sintomas comuns de deficiência de magnésio. O magnésio é necessário para quase todas as funções do corpo, de modo que seus baixos níveis impedem inúmeras funções no organismo e, portanto, contribui para a retenção de líquidos. De acordo com um estudo, 200 mg de magnésio por dia diminuiu a retenção de água em mulheres com sintomas pré-menstruais.

O aumento de alimentos ricos em magnésio ou o uso de suplementos de magnésio de alta qualidade reduz significativamente o edema. alimentos ricos em magnésio incluem chocolate amargo, vegetais verde-escuros, abacate, nozes, cereais integrais, ervilhas, espinafres, iogurte e frutas secas.

Consumo excessivo de alimentos industrializados

Além de serem ricos em sódio e açúcar, alimentos processados ​​também envolvem inúmeros aditivos alimentares artificiais que atuam como toxinas e danificam o fígado e os rins. Ou seja, alimentos ricos em açúcar, especialmente com adoçantes artificiais, levam a altos picos de açúcar no sangue e consequente pico de insulina, o que levará a retenção de sódio pelas células, aumentando a reabsorção nos rins. Portanto, você deve evitar alimentos processados. Você também pode fazer um detox em seu corpo com sucos, a fim de preservar a condição ideal do fígado e evitar problemas graves de saúde.

Além disso, existem algumas ervas, que podem ter um efeito extremamente benéfico para aliviar retenção de líquidos. Ou seja, essas ervas têm fortes propriedades diuréticas:

Rabo de cavalo
Dente-de-leão
Seda do milho
Urtiga
Hibisco
Alho
Funcho
Salsinha